quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Lil Wayne é capa da revista Rolling Stone de 2011

Lil Wayne é na capa da Revista Rolling Stone de 2011

Lil Wayne foi capa de uma revista pela primeira vez desde que foi solto da prisão de Rikers Island em Novembro de 2010. Tunechi foi capa da revista Rolling Stone de 2011. Esta revista vai chegar as bancas (dos EUA) dia 21 de Janeiro, mas você pode aproveitar e ler alguns trechos da revista e assistir algumas cenas dos bastidores das fotografias.

Sobre Lebron James e Dwayne Wade (jogadores de basquete)

"Esses manos nunca falam com um negro. Eles nunca me deram um oi. Eu gasto toda minha grana nas p*orras dos ingressos... Chega mais. Nós sempre sentamos do lado dos filhos da mãe. Pelo menos venha me perguntar porque eu não estou torcendo por você"

Sobre ter ficado na solitária

"Ele era um mano firmeza," disse Lil Wayne sobre o guarda que escondeu seu MP3. "Um salve pro Charles... Ficar na solitária foi a pior parte. Sem TV. Sem rádio. Basicamente, você fica lá 23 horas por dia." A única coisa que animou o Lil Wayne, foi uma janela que dava para ver os carros passando. "Eu costumava sentar e ficar olhando por aquela p*rra o dia todo."

Sobre o tempo que passou preso

"Não posso usar a palavra fácil, mas não foi tão difícil como muitos pensam. Há alguma dificuldade, psicologicamente, só de acordar todos os dias naquela m*rda. Mas depois que você saí é muito bom."

Sobre ter ficado sem sexo na prisão

"Se você conheçe uma garota em uma turnê, ela só quer fazer sexo. Eu não faço sexo, eu faço amor. Você vai sentir isso. É sempre bom ter uma nova p*ta."

Sobre compor novas músicas

Na prisão, Lil Wayne leu biografias de Marvin Gaye, Jimi Hendrix, Joan Jett, Jim Morrison, Anthony Kiedis e Vince Lombardi. "Achei muito boa a autobiografia do Kiedis, Scar Tissue. Eu também li a Bíblia pela primeira vez. Foi profundo! Eu gostei das partes onde algum personagem era uma coisa, mas acabou sendo outra. Como se ele estivesse tirando Jesus, e depois acabou sendo um santo. Aquilo foi dahora."

Sobre a arma encontrada no ônibus

"Eu fui homem suficiente para assumir a culpa, mesmo a arma não sendo minha. Esqueci de tudo e encarei a punição."

Sobre ter Chris Brown no álbum Tha Carter IV

"Eu não posso ter Chris Brown fazendo rap no Tha Carter IV. Ele não canta mal. Ele está mandando muito bem. Mas, fala sério! Você já imaginou quantos rappers vão pensar, 'Eu não estou no Tha Carter 4, mas aquele mano colocou o Chris Brown naquela m*rda? Fazendo rap?'."

Lil Wayne ainda disse a revista Rolling Stone que um retrato de uma mulher, que ele mesmo colocou na parede da cela de Rikers Island, era sua copanhia mais próxima.

"Qualquer um pareçe bonito naquela m*rda. Tipo, 'Cara, olha só para ela com este uniforme, Mrs Officer!'."

Bastidores da sessão de fotografia para a revista



Fonte: http://weezythanxyou.com/2011/01/19/blog-6-rolling-stone-magazine-cover/