domingo, 10 de abril de 2011

Paris Hilton entrevista Lil Wayne para a revista Interview Magazine

Capa da revista Interview Magazine de Abril
Capa da revista Interview Magazine de Abril.

Leiam a entrevista que o Lil Wayne deu a Paris Hilton e ao Dimitri Ehrlich para a revista Interview Magazine da edição de Abril.

Dimitri Ehrlich: Como vocês estão? Eu sou o Dimitri. Vocês podem deixar a entrevista rolar se quiserem, mas, Paris, eu tenho uma pergunta para fazer á vocês dois. Paris, você primeiro: Quando você conheceu o Wayne ou o que você achou dele a primeira vez que o viu?

Paris Hilton: Eu conheci ele em Los Angeles, em uma festa do Grammy. O pessoal me chamou para "tocar" a festa e eu conheci ele lá. Mas eu sempre pensei que ele fosse um incrível e talentoso artista. Ele tem muito carisma. Quando ele entra em uma sala, ele solta uma energia que deixa todos animados.

Dimitri Ehrlich: E você, Wayne? Qual sua primeira lembrança de ter conhecido a Paris?

Lil Wayne: A primeira vez foi naquela mesma festa. Eu lembro de ter conhecido ela, e acho que depois, uns 10 minutos depois, eu olhei pra cima e ela estava na pista. Ela estava na dança, com o microfone. Foi muito maneiro. Ela se divertiu e eu gostei disso. Eu gosto de pessoas que curtem a vida, pois eu faço o mesmo.

Paris Hilton: Como você gosta que te chamem, Lil Wayne ou Wayne?

Lil Wayne: Eu prefiro Wayne.

Paris Hilton: Eu sei que você nasceu em Nova Orleans. Você imaginava que se tornaria um rapper?

Lil Wayne: Eu comecei a fazer rap aos 8 anos de idade, então, penso que quanto você está fazendo algo com esta idade... quer dizer, ninguém poderia me dizer que eu não iria me tornar um rapper. Então, sim, eu sempre soube que me tornaria um.

Dimitri Ehrlich: Em quem você se inspirava quando tinha 8 anos para se tornar um rapper?

Lil Wayne: O pessoal que estão comigo agora, da gravadora Cash Money. Eles eram bem conhecidos em Nova Orleans, então eu sempre me inspirava neles. Eles eram a gravadora Cash Money antes que todos soubessem os nomes deles, e o que eu quero dizer com isto é que a presença que eles têm hoje, eles tinham naquela época, mas, somente na cidade. Então, eles sempre foram grandes. Eu ouvia todas as músicas deles. Esse pode ser o motivo porque eu queria estar com eles.

Paris Hilton: Agora você é chamado de rei do hip-hop. O que você acha disso? Esse é o tipo de coisa difícil de lidar? Ou é legal ouvir as pessoas dizerem isto?

Lil Wayne: É muito legal. Eu amo pressão. Acho que se isso produz pressão, então, estou pronto para ela. Mas, vocês sabem, títulos são títulos e nomes são nomes. Enquanto as pessoas sempre lembrarem de mim, isso será o suficiente.

Paris Hilton: Você já leu alguma notícia sobre você, ou já pesquisou no google?

Lil Wayne: Uhm... nunca. Acho que nunca pesquisei no google sobre mim. [risos] Mas, eu leio algumas coisas... Se eu sei que estava em uma entrevista e ela ou ele concluiu alguma coisa ruim ou boa da entrevista, então eu lerei este trecho quando puder. Mas, fora isso, eu teria de ter um motivo para ler, geralmente, não tenho um motivo. Então, não, eu não leio muito, pois sei que vocês sabem que eles escrevem o que falamos do jeito que eles querem.

Paris Hilton: Qual foi a coisa mais bizarra que você já leu sobre você?

Lil Wayne: A coisa mais bizarra que li sobre mim, foi que eu estava morto. Foi estranho ler que eu estava morto - ainda mais sabendo que eu estava lendo. [risos]

Paris Hilton: Eu também já li sobre mim. Foi bem bizarro. E os paparazzi? Eles já foram agressivos com você? Já houve algum incidente onde um deles o tirou do sério?

Lil Wayne: Pelo fato de eu não morar em Los Angeles, isso não acontece muito. Mas, quando eu fui para L.A. e fiquei em um hotel, vi como é grave ser seguido por um paparazzi. Eles caminharam ao lado da rua do hotel e assim que você sai pela porta da frente, eles surgem na sua frente e começam a "mandar ver". Eu moro em Miami, então, não tenho que lidar com isto com a mesma intensidade. A única vez que lidei com paparazzi loucos foi durante minhas audiências. Toda vez que eu tinha que ir para o tribunal, assim que eu saia da caminhonete, eles estavam lá, e todos no meio do caminho, onde não conseguíamos caminhar. É de longe, bem diferente daqui. Mas, não acho que sou o tipo de pessoa que eles querem tirar fotos, com aquela intensidade. [risos]

Dimitri Ehrlich: Então, você está dizendo que os paparazzi não o incomodam em Miami?

Lil Wayne: Bem, obviamente, algumas vezes sim, porque eu sai da cadeia. Existe algum lugar que publica fotos de pessoas que saem da prisão e falam sobre. Quando eu fui libertado, eu vi fotos minhas nas ruas. Eu não sei de onde vieram aquelas fotos. Quer dizer, não vi as câmeras. Acho que, na verdade, não presto atenção neles.

Paris Hilton: Qual o seu clube favorito em Miami?

Lil Wayne: Meu clube favorito em Miami é o clube LIV. Ele fica no hotel Fontainebleau.

Paris Hilton: Ah, eu adoro aquele clube. O que mais você gosta de fazer para se divertir?

Lil Wayne: A coisa mais importante que eu gosto de fazer é sair com meus filhos. Minha filha adora trabalhar também - gravar e fazer coisas do tipo - então, eu também gosto de trabalhar com ela.

Paris Hilton: Quantos anos ela tem?

Lil Wayne: Minha filha mais velha tem 12 anos.

Paris Hilton: Legal! Quantos filhos você tem?

Lil Wayne: Quatro lindos filhos. Três meninos e um lindo anjo.

Dimitri Ehrlich: Eles moram em Miami com você?

Lil Wayne: Não. Eles moram com as mães deles, mas, estão sempre comigo.

Paris Hilton: Você disse que começou a rimar entre os 8-9 anos de idade. Você lembra qual foi sua primeira rima?

Lil Wayne: Sinceramente, não. Eu lembro de algumas partes dela. Eu lembro sobre o que estava rimando, mas, definitivamente não lembro qual foi o primeiro rap. Mas, eu lembro de onde minha cabeça estava naquela época e o que eu estava pensando e coisas do tipo. Eu queria ser como a Cash Money. Isso era tudo. Entretanto, naquela época, eu estava focado em grupos como Another Bad Creation, Kris Kross, coisas deste tipo.

Paris Hilton: Eu sei que você ajudou a descobrir o Drake e agora, ele se tornou um dos maiores nomes do hip-hop. Qual o potencial que você viu nele e o que você tem passado a ele a partir de suas próprias experiências?

Lil Wayne: Quando eu ouvi os versos do Drake pela primeira vez, sabia que ele tinha o potencial que eu imaginava, pois o garoto estava cantando e fazendo rap ao mesmo tempo. E ele estava fazendo rap muito bem. Esse é o tipo de mistura estranha. É difícil você conhecer alguém que é bom em uma coisa e muito bom em outra. Foi ai que soube que ele iria "estourar". Ele teria estourado - comigo ou sem mim - Eu só quis ter certeza que fosse comigo. E a coisa mais importante que eu disse para ele, ou que ensinei para ele, foi para ele ser humilde e lembrar quem ele é no meio disto tudo, porque haverá momentos em cada dia que você terá que voltar a ser aquela pessoa que era e refletir sobre ela. Você tem que refletir sobre você mesmo. Se você esquece quem você realmente é, então, qual a utilidade de, até mesmo, se olhar no espelho?

Paris Hilton: Quando você escreve letras de músicas, você já se preocupou em ser ofensivo, ou que você teria de editar a letra?

Lil Wayne: Não. Existe uma coisa que é minha, e acho que é isso que meus fãs mais gostam em mim, que eu nunca volto atrás. Eu faço exatamente o que quero fazer e digo exatamente o que quero dizer. Ás vezes, eu levo em conta que tenho uma filha, mas, também penso na realidade do mundo, e deixo ela saber que esta é a realidade, que este mundo é uma loucura e que existem pessoas nele que também são loucas. Quando eu quero dizer algo, então, como eu disse, eu digo o que vem na cabeça.

Dimitri Ehrlich: Quais os tipos de coisas que você faz para voltar para o Planeta Terra e lembrar quem você é? Eu presumo que seus filhos fazem parte dele.

Lil Wayne: São minha família e meus amigos, simples e puros. Minha família e meus amigos me dão fundamento. Especialmente, minha mãe, porque ela iria me bater se eu fosse mudar. Então, francamente, é isso.

Paris Hilton: Eu acho bom quando sua família te dá fundamento. Eu já vi muitas pessoas ganharem um nível de celebridade e começarem a sair com pessoas diferentes.

Lil Wayne: Sim, eu também já vi.

Paris Hilton: Foi um passo controverso quando você lançou o álbum Rebirth no ano passado, porque ele foi como um álbum de rock. Como você se sentiu pelo feedback dos fãs?

Lil Wayne: Na verdade, eu fiquei muito impressionado, porque fiquei surpreso que o projeto tenha vendido tanto. Então, fiquei impressionado que as pessoas tenham comprado ele. Se você tivesse me perguntado antes, eu diria que o álbum não venderia nada. Eu pensei que o álbum fosse vender em torno de 200 mil cópias, no máximo. Eu nem promovi direito o álbum, porque tive que tirar férias de 8 meses. Mas, fora isso, penso que se eu tivesse tido tempo para promover mais o projeto, o álbum teria se saído melhor do que saiu.

Paris Hilton: Bem, eu comprei o álbum e amei.

Lil Wayne: Obrigado.

Paris Hilton: Você está se destacando em vários estilos musicais. Você está tentando ganhar fãs de mais estilos musicais?

Lil Wayne: Exatamente. É exatamente isso, porque quando você vai á meus shows, você encontrará uma grande variedade de público e eu gosto de agradar à todos.

Paris Hilton: Para quem você faz música?

Lil Wayne: Honestamente, eu faço música para meus fãs. Eu faço isso por meus fãs.

Paris Hilton: Uma coisa que percebi em muitos rapper, é que se você perguntar para eles, "Porque suas letras são sobre, violência, dinheiro e sexo?" eles irão responder, "Bem, nós estamos dizendo do jeito que as coisas são. Estamos sendo realistas." Mas se você quiser fazer algo diferente e novo, como você faz isso?

Lil Wayne: Você tem que ser uma pessoa totalmente diferente. A música reflete quem você é, e se as coisas que você mencionou é sobre o que sua música é, então acho que este é você. Acho que é simples assim. Você tem que ser o tipo de pessoa que fala sobre coisas diferentes. Eu falo sobre o que eu falo, e acho que é por isso que sou um mano doidão. [risos] O Kanye West fala sobre um monte de coisas diferentes, porque ele é isso. Temos também o Jay-Z, e ele fala sobre negócios, e estou quase certo que ele é um cara de negócios. Mas, acho que tudo gira em torno de quem você é.

Dimitri Ehrlich: O que você gosta de escutar?

Lil Wayne: Honestamente, eu não escuto música de ninguém a não ser a minha. É como esportes pra mim. Você não v}e o Kobe Bryant no jogo do LeBron James - ele joga em seu próprio jogo. E é isso que eu faço. Eu só escuto a mim mesmo, então, eu posso criticar e analisar, este tipo de coisa.

Paris Hilton: Enquanto você esteve preso, lançou o álbum I Am Not A Human Being. O que este título significa?

Lil Wayne: Isso diz que eu não sou como as outras pessoas. Eu não penso da mesma forma. Eu não faço as mesmas coisas. Ás vezes, me sinto fora deste mundo.

Dimitri Ehrlich: Eu li que, durante o seu último mês preso, você foi para a solitária por ter sido pego com um iPod ou coisa parecida. Eu já ouvi que ir para a solitária é a coisa mais torturante do mundo. Para você, como foi ir para a solitária?

Lil Wayne: Pra mim, foi tudo bem, porque isso significou que eu iria ficar sozinho com meus pensamentos. Houve momentos onde foi difícil ficar sozinho, sem televisão, sem nada. Foi um pouco difícil. Mas, eu não tive que ficar na solitária por muito tempo. Foi só um mês. Eu fiquei bem. Eu me sai bem.

Dimitri Ehrlich: Então, foi literalmente um mês sem falar com nenhum ser humano, exceto os guardas. Você fica totalmente isolado?

Lil Wayne: Não. Tinham outros caras perto da minha cela, e coisas deste tipo. Você podia conversar pelas paredes. Não foi totalmente silencioso como você pensa que foi.

Dimitri Ehrlich: Você continuou trabalhando enquanto esteve na solitária? Você podia passar um tempo no jardim?

Lil Wayne: Sim, sim. Eu tinha uma hora por dia para ficar no jardim, então, eu podia fazer tudo isso.

Paris Hilton: Eu tive que ficar 24 noites na solitária.

Lil Wayne: Então, você sabe como é.

Paris Hilton: Sim, eu sei como é.

Dimitri Ehrlich: Wayne, alguém tentou brigar com você na prisão? Ou todos respeitavam você?

Lil Wayne: Vocês sabem, nós somos homens e discutimos sobre algumas coisas. Há esta agressão em nós. Então, sim, eu discuti algumas vezes. Mas, não foi algo tão ruim.

Paris Hilton: O quão feliz você está por ter sua liberdade?

Lil Wayne: Palavras não podem explicar.

Paris Hilton: Sim, Eu sei como você se sente. [risos] Sentimos o melhor sentimento do mundo quando somos libertados.

Dimitri Ehrlich: Isso faz com que você aproveite cada momento de um jeito diferente, como se você tivesse nascido de novo?

Lil Wayne: Exatamente. Você fica mais focado no que está fazendo. Você se torna mais humilde. Eu acho que a maioria das pessoas que já passaram por esta cituação querem aproveitar ao máximo a vida. Honestamente, isso foi como uma experiência de humildade.

Paris Hilton: Concordo. Você tem estado em todos os lugares do mundo. Qual lugar você mais gosta de ir no mundo?

Lil Wayne: Estive na República Dominicana e gostei. Mas, Amsterdam é meu lugar favorito.

Paris Hilton: Eu amo Amsterdam! É "muito louco" lá. Você pode andar de bicicleta. Você já sonhou com algo? Quais são seus sonhos?

Lil Wayne: Eu não sonho muito. Mas, quando sonho, eu sonho sobre algum dia que já passou ou coisas do tipo. Na maioria das vezes, é sobre isso que sonho. Eu sonho sobre aquele dia atual. Fora isso, não sonho muito.

Dimitri Ehrlich: Você acha que sua ambição mudou já que você ficou preso por um bom tempo? Ou você ainda tem aquela "sede" que tinha quando era apenas uma criança?

Lil Wayne: Honestamente, isso tudo me fez querer mais, porque nunca estou satisfeito e sempre quero mais. Eu sou uma pessoa muito criativa, e a melhor parte da criação é criar. Então, eu gosto ter novas idéias, novos pensamentos. Eu me prendo a coisas como esta. Então, eu sempre quero mais.

Paris Hilton: Wayne, qual se signo?

Lil Wayne: Sou de Libra.

Paris Hilton: Você acredita em horóscopo?

Lil Wayne: Eu já li sobre horóscopo antes e o que eles dizem sobre Libra. Mas eu não gostaria de ser uma coisa que as pessoas escrevem. Eu não quero ser descrito. Eu não quero me permitir de ler algo e dizer, "É deste jeito que o Wayne é." Eu prefiro que você me encontre e decida. Basicamente, eu prefiro ser diferente. Então, sim, eu já li horóscopo e vejo o que eles dizem. Mas, prefiro ser outra coisa.

Paris Hilton: Você tem animais de estimação?

Lil Wayne: Eu gosto de animais, mas tenho somente alguns. Tenho alguns peixes e dois tubarões. Estes são companheiros.

Paris Hilton: Tubarões? Legal.

Dimitri Ehrlich: Qual o tamanho dos tubarões?

Lil Wayne: Um é filhote, tem um mais ou menos meio metro. O outro é tem quase um metro.

Dimitri Ehrlich: Então, você tem uma piscina grande para eles? Ou eles ficam em um tanque?

Lil Wayne: Eles moram em um berço. É como um pequeno lago sob a escada de minha cada. Então, eles nadam lá.

Paris Hilton: Que "dahora"... você usa o Twitter?

Lil Wayne: Eu cancelei minha conta no Twitter, porque ela foi hackeada. Assim que ela foi hackeada, tive de esperar o Twitter arrumar ela. Eles arrumaram. E a conta foi hackeada de novo, então, eu simplesmente cancelei. A partir de agora, estou de greve de Twitter.

Dimitri Ehrlich: Aqui vai uma pergunta para vocês dois: Algum de vocês tem alguma meta que gostariam de alcançar nos próximos anos? O que vocês gostariam de fazer até o final deste ano?

Lil Wayne: As mulheres primeiro.

Paris Hilton: Eu? Eu gostaria de finalizar meu álbum , porque trabalhei nele por muito tempo, mas, tive tantos projetos rolando, que foi difícil focar em uma única coisa. Eu também adoraria continuar fazendo meu negócio e confrontar mais as pessoas, porque acabo deixando as pessoas irem longe demais já que nunca falo nada. Então, pessoalmente, gostaria de ser mais forte com as pessoas.

Lil Wayne: Eu já ia te perguntar, como você lançará um álbum sem que eu esteja nele?

Paris Hilton: Bem, se você estivesse no álbum, eu ficaria honrada. Essa seria a coisa mais "dahora" que eu faria. Nós deveríamos pegar o telefone um do outro, para podermos conversar sobre, depois da entrevista.

Lil Wayne: Legal! Pode ser.

Dimitri Ehrlich: E você, Wayne?

Lil Wayne: Eu quero depositar 50 milhões de dólares em minha conta. No final deste ano, quero poder dizer que depositei 50 milhões de dólares. Não ter gerado 50 mihlões de dólares, mas, na verdade, ter depositado 50 milhões de dólares.

Dimitri Ehrlich: Você quer dizer sem os impostos, certo?

Lil Wayne: [risos] Exatamente.

Paris Hilton: Essa é uma boa meta.

Fonte: http://www.interviewmagazine.com/music/lil-wayne/

O que vocês acharam da entrevista do Lil Wayne para a revista Interview Magazine?